Compartilhe
Blog
consumo de bebidas

Controlando o consumo de bebidas com pulseiras de identificação

O Estatuto da Criança e do Adolescente considera criança, perante a Lei, pessoas até doze anos de idade incompletos e adolescentes, pessoas de doze a dezoito anos de idade. O ECA é expressivo quanto a entrada de crianças e adolescentes em casas noturnas e festas com bebida alcoólica liberadas. Por isso, é bom se informar quanto ao consumo de bebidas no seu evento e evitar que sua noite termine no juizado de menores.

Uma das maneiras mais eficientes de evitar o consumo de bebidas por menores é utilizando pulseiras de identificação, que podem ser diferenciadas para aqueles com maioridade incompleta. Hoje, a Passe VIP te mostra como pôr esta ideia em prática. Confira, a seguir.

Como as pulseiras auxiliam no controle do consumo de bebidas

Menores de idade são identificados com cores diferenciadas

Com a utilização das pulseiras para controlar o consumo de bebidas é possível identificar quem são os menores de idade do evento e impedi-los de fazer uso de bebidas alcoólicas, principalmente em eventos de pequeno porte. Todas as pessoas devem apresentar carteira de identidade ao adentrar o evento e, quando menores de idade forem identificados, eles devem receber uma pulseira de cor diferenciada, fazendo com que garçons e outros profissionais consigam evitar que eles façam uso de bebidas proibidas.

Em eventos de grande porte, como o Rock in Rio, o perfil do frequentador do evento é traçado no momento da compra do ingresso pela internet, pois a pessoa precisa informar condição social e idade para adquirir direito à meia entrada e, com isso, o consumo de bebidas por menores de idades é impedido. Depois dessa etapa, o consumidor apresenta documentos de identificação nos postos de coleta ou na entrada do evento, para que seja comprovado se eles são menores de idade ou estão matriculados em alguma instituição de ensino superior.

A Lei 13.106/2015, sancionada pela então presidente Dilma Rousseff, tornou crime vender, fornecer, servir, ministrar ou entregar, ainda que de maneira gratuita, bebida alcoólica para menores de 18 anos. A pena é de dois a quatro anos de detenção, com uma multa que pode variar de R$ 3 mil a R$ 10 mil, além de interdição do estabelecimento comercial.

consumo de bebidas por menores

Venda facilitada pelas pulseiras RFID

As pulseiras RFID funcionam por meio de uma transmissão via rádio de informações, permitindo que dados sejam armazenados de forma prática e segura. Isso significa que todas as pulseiras desta categoria possuem um chip e uma antena, que permitem uma comunicação expressiva entre o usuário e uma central de controle, quando são posicionadas a alguns centímetros de distância de um sensor. Com isso, é possível controlar o acesso do público e também o consumo de bebidas e alimentos no festival.

Como menores de idade só podem frequentar eventos acompanhados dos pais ou responsáveis legais, eles se tornam automaticamente impossibilitados de comprar bebidas alcoólicas, pois suas pulseiras RFID não lhes dão acesso a esse tipo de consumo.

Pulseiras aliadas ao vale-valor

Outro método para controlar o consumo de bebidas por menores de idade é aliar a cor das pulseiras com a cor do vale-valor. Por exemplo: se um menor de idade é identificado por uma pulseira de cor verde, os vales que poderão ser consumidos por ele também deverão ser verdes. Com isso, as pessoas responsáveis pela venda de bebidas conseguem se organizar e erros, como a entrega de um vale-valor alcoólico para um menor de idade, são evitados.

Todos os itens citados acima, como as pulseiras de identificação personalizadas, pulseiras RFID e vale-valor podem ser encontrados nos site da Passe VIP. Possuímos os melhores produtos para a organização do seu evento. Entre em contato conosco e peça já o seu orçamento. Aguardamos por você.

Links úteis:
pulseiras personalizadas
pulseiras para festas
pulseira de identificação